Dica pra parar de roer unha

(Do antigo blog Apagar Histórico)

Se tem uma coisa que me incomoda, em mim, é não ter unhas. Incomoda bastante, pra falar a verdade. Desde criança tenho a mania (vício, compulsão?) de roer. Não é pouquinho, não é discretamente, não é só nas horas de nervosismo. Vira e mexe, lá estou eu, com as mãos na boca, feito bocó.

Não é nem um pouco elegante, não me parece muito adulto. É feio. Feio de dar dó. O ato de roer só não é mais feio do que as unhas em si. No meu caso, tenho cotoquinhos nas pontas dos dedos. São tão curtas, que as unhas em gel não podem ser colocadas por falta de base. São tão feias que me recuso a tirar uma foto da mão inteira pra colocar aqui. (Tá, é injusto com vocês. Vou colocar então só a do mindinho, pra dar uma ideia.)unha roída

Entenderam o que eu tô falando, né? Em ocasiões muito especiais, apelo para a maravilhosa unha postiça autocolante da Impress. Sabe aquela foto estilo ‘unha da semana’ que as mulheres colocam nas redes sociais? Já fiz uma com a minha postiça…de tanto amor.unha postiça

Olha aí no meu casamento. No civil, arrasei de unha vermelha. No dia seguinte, na cerimônia, de francesinha. É só puxar e descolar, super prático, quase natural… mas não é a minha unha.casamento

Sem contar que é um perigo. Quem não tem unha e coloca uma postiça não tem tempo de se acostumar com o tamanho, perde um pouco a noção dos movimentos da mão. Eu trabalho digitando o tempo todo, é um sufoco! E dá-lhe arranhão, em mim, nos amigos, no filho…

O fato é que eu já tentei de tudo. Tê ú dê ó, tudo! E nunca consegui ficar com as unhas compridas por mais de um mês. unha linda

Agora vou começar uma nova tentativa. E resolvi compartilhar aqui no blog pra sentir a pressão receber as boas energias de vocês.  Pra isso busquei algumas dicas. Vou começar com a mais antiga de todas elas…

1º Passar pimenta na ponta dos dedos. Parece brincadeira, mas todo mundo que rói unha já escutou essa. E tô pra dizer que, no desespero, alguns tentaram. Gente, isso definitivamente não funciona. Já imaginou coçar o olho com o dedo cheio de pimenta? Esqueça.

2º Mantenha as unhas bem feitas e pintadas. Faz diferença mesmo, principalmente se você vai ao salão. A mão fica menos feia, a unha parece crescer mais rápido (deve ser só impressão, eu sei), dá dó de roer. E, se não tiver jeito, pelo menos atrasa o processo, já que dá pra roer o esmalte antes… Ouço por aí que as roedoras preferem pintar de claro, para não chamar a atenção, mas minha manicure aconselha pintar de vermelho. Fica horrível, mas ela diz que é pra isso mesmo, pra passar vergonha e deixar crescer de uma vez.

3º Use soluções com sabor amargo. Existem muitas marcas no mercado e algumas tem realmente um gosto muito ruim.  Sem querer desanimar, roedor compulsivo acaba se acostumando com o gosto, mas pelo menos serve como um lembrete. Toda vez que colocar a mão na boca, sem pensar, vai lembrar que está tentando deixar a unha crescer.

4º Fortaleça seus cotocos, desde o início, com aqueles produtos estilo “casco de cavalo”, sabe?  E, acredite, uma alimentação adequada faz milagres. Peixes de água salgada, vegetais de folhas verdes (quando mais escura, melhor), grãos integrais são ótimos.

5º Tenha sempre uma lixa na bolsa. A maior tentação para quem está deixando a unha crescer é uma unha quebrada! Conserte logo o estrago com a lixa para evitar a tentação de puxar com os dentes. Ah, isso vale para o cantinho. Não pense que você é capaz de comer “só uma lasquinha”.  Vício é vício. unha linda 2

6º Fazer uma lista de coisas nojentas! Daquelas coisas que as mães falam quando a gente é criança, mas só ganham real noção quando crescemos. Pense em quantos locais essas mãozinhas passaram durante o dia, e nos germes, bactérias, blá, blá, blá.

5º Mantenha um arsenal de chicletes. Tente mascar, quando a vontade de roer a unha for grande. Eu indicaria uma tampa de caneta também, mas não me parece certo (funcionou pra uma amiga, mas eu não estou indicando, viu? Não estou 😉 )

6º Unhas postiças são muito úteis. Minha prima deixou a dela crescer depois de fazer uma unha de gel. Enquanto ela badalava com a postiça, a unha natural crescia por baixo.

7º Mantenha o equilíbrio emocional. Dizem que roer unha é uma característica das pessoas ansiosas. Eu não sei. Me pego roendo unha, mesmo quando estou muito tranquila, vendo filminho de amor na televisão… mas temos que admitir que é no nervosismo que os dedos parecem mais atraídos para os dentes. Agora, quem controla?  Ih, fiquei nervosa (ehehehehe).

8º Conte para os amigos e para a família. Peça para que eles chamem a sua atenção quando colocar a mão na boca. E tenha paciência para aguentar a chateação (não fique nervosa, mantenha o equilíbrio…rs).

9º Escolha uma cor de esmalte daquelas de arrasar! Compre e coloque em um lugar de destaque. Vai ser como aquela calça, dois números menor, em que a gente quer entrar durante um regime.

10º  Se nada der certo, faça um blog, conte o seu drama, coloque uma foto do seu dedo sem unha e se proponha a deixar crescer, publicamente.

*

Ah, não serve como consolo, claro que não, mas tenho a companhia de gente bem famosa nessa coisa horrorosa de roer unha:famosos unhas

Então… começo a deixar a unha crescer em 3, 2…1. Começou! Quando estiver grandinha, vou pintar de preto (adoro) e colocar uma foto pra vocês. Fiquem na torcida por mim?

Oba! Comentários são uma alegria!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s