FastPass, Spring Break e muito mais: como evitar as filas nos parques de Orlando

Se tem uma coisa que ganhou lugar no meu coração, durante nossa mais recente viagem a Orlando, foi o FastPass. É a melhor maneira de não enfrentar filas – leve em consideração que a espera pode ultrapassar duas horas e meia para cada brinquedo!FastPass

Escolhemos uma época não muito boa, final de março, bem no meio do   Spring Break! Pra quem não sabe, a “Parada da Primavera” é um período de folga nas escolas e universidades dos EUA. Aqui no Brasil seria a “semana do saco cheio”. Imagine como os parques ficam lotados! 

Spring break

Grupo de estudantes no spring break

A primeira dica então é evitar esta época do ano. E também os feriados, o período de férias… Bom, nem sempre é possível, né? Foi o nosso caso. E já que queríamos aproveitar as atrações mais radicais (e disputadas) adotamos estratégias.

Duas horas e vinte minutos na fila?! Não vai dar, não.

Duas horas e vinte minutos na fila?! Não vai dar, não.

Antes de sair do hotel, consultávamos o aplicativo de um site que indica a lotação dos parques e também o tempo médio de fila nos brinquedos. Mão na roda, viu? Errou pouco. Na entrada dos parques é fundamental pegar os mapas. Eles são oferecidos em diversos idiomas, inclusive o português, e mostram todas as atrações, os caminhos a percorrer, o horário dos shows e paradas. Mostram também que brinquedos oferecem a opção FastPass. Vale a pena dar uma pesquisada no site oficial da Disney, antes mesmo de começar a viagem.

De olho nos mapas

Como funciona o FastPass?  Para evitar a longa fila, você corre até a atração desejada, insere seu ingresso na máquina (lembre-se de pegar depois!), recolhe o cartão com o tempo estipulado de retorno. Aí é só aproveitar o restante do parque e voltar na hora determinada (dê uma olhadinha na primeira foto, lá em cima).

Atenção: não dá pra pegar vários de uma vez. É preciso esperar um determinado tempo, que também vem no cartão, antes de retirar o próximo. E o número é limitado, se demorar demais pode ficar sem. Aconselho a não desperdiçar; se a fila não estiver muito grande, é melhor enfrentar e deixar o bilhete para outro brinquedo.  E planeje direitinho para não ter que voltar correndo quando estiver do lado oposto do parque.

ATUALIZAÇÃO IMPORTANTE: Em 2014, FastPass mudou totalmente. Enquanto não voltamos para experimentar o novo modelo, indico pra vocês um post completinho, de um dos melhores blogs sobre Disney que conheço. Tá tudo explicado no Andreza Dica e Indica Disney.

UMA hora de espera para o Piratas do Caribe!

UMA hora de espera para o Piratas do Caribe!

Nós demos sorte porque gostamos de montanhas-russas e outros brinquedos mais radicais, e o restante do nosso grupo não. Então aproveitamos bastante os tickets deles.

Outra opção para diminuir o tempo na fila é se tornar um Single Rider. Em algumas atrações existe a opção de entrar em uma fila especial, para pessoas que estão sozinhas. Elas ocupam os lugares que geralmente sobram, depois que os grupos entram. Essa segue rapidinho. Se você não faz questão de ir com os amigos, se está retornando ao brinquedo, ou se realmente está só, vale muito a pena.

Tudo isso só vale nos parques Disney. No Universal Studios e Islands of Adventure há o Universal Express, mas ele é cobrado (e custa caro). Se os parques estiverem superlotados e o dinheiro der, pague. Você já investiu na viagem, nos ingressos dos parques, nos lanches caríssimos… mas não tem preço a sensação de entrar em todos os brinquedos sem enfrentar as filas quilométricas (ah, não vale para a área do Harry Potter!!).

Uma última e importantíssima dica: para evitar filas nos parques, chegue cedo, antes dos portões abrirem. Depois de duas tentativas frustradas de entrar no estacionamento do Universal Studios, decidimos fazer isso. Esperamos cinco minutos para a montanha russa do Hulk; mais tarde esse tempo de espera chegou a duas horas!

Pai, marido, irmão e filho felizes na fila da montanha russa do Hulk.

Pai, marido, irmão e filho felizes na fila da montanha russa do Hulk.

Muita gente faz o mesmo, mas é certo: você vai ter pelo menos uma hora e meia de atrações com filas pequenas ou inexistentes. Isso, em aproveitamento, pode significar uns cinco, seis brinquedos, dos mais disputados. 

Cinco minutinhos de espera no Homem Aranha, um dos mais disputados!

Cinco minutinhos de espera no Homem Aranha, um dos mais disputados!

Obrigada por passearem, e enfrentarem fila, comigo. E até a próxima!!

11 comentários sobre “FastPass, Spring Break e muito mais: como evitar as filas nos parques de Orlando

  1. Pingback: Destaques da Semana 39 | RBBV – Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem

Oba! Comentários são uma alegria!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s