Eu não consegui comer no Madalosso- O Maior Restaurante das Américas

O exercício vai para quem ainda não conhece o Madalosso: Imagine um restaurante gigantesco, com capacidade para quase cinco mil pessoas e uma área de 7.670 metros quadrados.  É tão grande que virou atrativo turístico, parada (quase) obrigatória para quem visita Curitiba e redondezas. Isso engloba famílias inteiras e excursões aos montes!

Quando me contaram tudo isso eu imaginei o inferno da gastronomia, lugar barulhento, bagunçado, com comida sem graça e atendimento ruim-  na minha cabeça, seria impossível ser algo diferente disso.

Mas eu estava em Curitiba. E eu fui ao Madalosso.

Velho Madalosso CuritibaA primeira tentativa aconteceu à noite. Nosso grande amigo Chicão nos levou, famintos, direto do aeroporto para o restaurante. Estava fechando… sorte nossa! É que eu ainda estava com medo da bagunça; além disso, a alternativa foi o Velho Madalosso, bem menor (mas ainda enorme), do outro lado da avenida.

Que delícia de comida Italiana! Polenta, maionese, todo tipo de massa (nhoque de rúcula com tomate seco… hummm), escarola com bacon, e carnes.  Esse é um diferencial: no Velho Madalosso tem carne também. E apresentações de dança ou música ao vivo em alguns dias (nesse teve).  Mesmo que a comida seja produzida em grande quantidade, ela não perde o gostinho de cibo fatto dalla madre e dalla nonna (italiano via google tradutor, me corrijam, por favor, se estiver incorreto). O atendimento foi impecável e saímos de lá muito satisfeitos em todos os sentidos. Adoro quando pago a língua e sou surpreendida.

Velho madalossoAs máquinas fotográficas estavam nas malas, portanto restam esses péssimos registros feitos com o celular (Não tem nem as fotos de comida, que eu tanto gosto).

Bom, experimentamos a comida, mas ainda não era O Madalosso, o maior restaurante das Américas.

Dias depois, eis que entram em cena a Chris e o Marcelo, casal de amigos tão querido que mora em Curitiba. Combinamos o almoço e eles logo avisaram: “Não comam nada antes, lá tem comida demais!”.  Oba! Comida demais (boa) é com a gente mesmo, ainda mais depois  da experiência positiva no Velho.

Christina Schuler e Elaine Castro

Mas era domingo;  e domingo, definitivamente, não é o melhor dia para conhecer o Madalosso.  A fila começa ainda dentro do carro, até o bairro de Santa Felicidade. No estacionamento há tanto carro, que é difícil acreditar que seja tudo para um restaurante só (sério).

E aí você pode escolher um dos salões gigantescos, mas não se iluda, todos estarão lotados. Você pega a senha, espera, começa a contar quantas famílias estão na sua frente, começa a imaginar que o franguinho frito vai acabar, começa a desejar intensamente a polenta que é levada pelo garçom (tamanha classe, essa minha). O bom é que a fome vai apertando e a comida vai ser muito bem aproveitada!  Quer uma foto do salão de espera? Lá vai:

Espera no Madalosso

Estacionamento MadalossoSe houver crianças, idosos com horário para comer, marido emburrado, mulher que resmunga…aconselho tentar outro dia. No nosso caso, éramos todos muito legais (claro), mas estávamos com horário contadinho para pegar um voo.  Não esperamos e comemos mesmo uma pizza.

Para quem procura a referência, todas as pessoas que conheço que tiveram a oportunidade de comer lá acharam que a experiência foi muito válida, que a comida é gostosa, e que o tumulto é tolerável e vale a pena.  Em relação a nós, pretendemos voltar em breve à Curitiba… e daremos um jeito de comer no Madalosso.

Obrigada por passearem com a gente, com o Chicão, com a Chris e o Marcelo. E até a próxima!

Sobre o restaurante:

*A dona Flora Madalosso, proprietária do restaurante, comanda até hoje a equipe de cozinheiros. Grande parte da família também trabalha nos estabelecimentos do grupo.

*O restaurante começou com apenas 24 lugares, em 1963. Hoje, de acordo com o Guiness Book, são 4.645.

*Nos salões são realizados eventos como casamento, festa de formatura e bailes de debutante.

Serviço:  

Site: http://www.madalosso.com.br/cardapio.php (link para o cardápio, para compensar a falta de foto do post. Perceberam,né?)

Velho Madalosso – Almoço e jantar, de terça a domingo.// Madalosso-  Almoço e jantar, de segunda a sábado. Domingo, só almoço.

Endereço: Avenida Manoel Ribas, 5852 Santa Felicidade, Curitiba, Paraná.

—————————-

Pra encerrar, a foto nossa na pizzaria… A companhia era ótima, mas a pizza era mais ou menos, por isso não vou nem indicar o lugar. Pizzaria curitiba

32 comentários sobre “Eu não consegui comer no Madalosso- O Maior Restaurante das Américas

  1. Olá pessoal! Sou curitibana “da gema” (rsrsrs). Mesmo que todo mundo ache o curitibano frio e mal educado, vou tentar provar que é intriga da oposição. Já viajei por vários lugares mas sinto muita falta do “comer bem”. Aqui não dá só pra se falar em Madalosso. O Restaurante Cascatinha em Santa Felicidade mesmo , tem o mesmo cardápio (ou parecido) e ainda tem a tal da canja de frango que nunca comi em outro lugar. Para ser sincera acho muito caro comer em Santa Felicidade, afinal, o que servem é polenta, frango, rúcula… Acredito que em termos de gastronomia muito temos a oferecer. Quer massa? Santa Felicidade ou o bairro Juvevê. Quer requinte? vá aos restaurantes do Batel. Carnes? Visite a Av. das Torres. Frutos do Mar? Percorra a Rua Mateus Leme. Não vou nem falar em comidas típicas e barzinhos com música, temáticos e afins. Se precisarem é só falar comigo, terei o maior prazer em ajudá-los. 🙂

    Curtir

  2. Sou de Florianópolis, tenho um restaurante achei que um restaurante madalosso não seria aquilo tudo , mas me enganei a comida foi maravilhosa o atendimento perfeito o espaço de muito bom gosto afinal tudo perfeito, só pena que não conheci a proprietária ela e uma mulher de muita garra. Parabéns Rosane Rosa . Restaurante Sabor da Comida.

    Curtir

  3. Poxa, Elaine… Que pena que vc não conseguiu!!! Eu amei o Madalosso, mas não fui no almoço, fui no jantar, que foi divertidissimo!!! Tinha musica ao vivo pra gente, o cantor brincou com as mesas e no fim, acabamos todos dançando lá na frente com ele. A comida boa, mas a diversão foi a melhor parte. Estava MUITOOO frio na cidade e nós nos esquentamos com vinho. Muito bom, quando puder voltar, SUPER recomendo!!!

    Curtir

Oba! Comentários são uma alegria!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s