Maranhão – Dia 2. Passeio de barco para Caburé.

Em Barreirinhas não dá muito pra fugir dos passeios organizados. Você pode até fazer uma pesquisa de preços, mas parece ser tabelado. A maioria dos passeios sai por R$50 por pessoa na baixa temporada (out/2012).

Igreja de Barreirinhas

Para Camburé tem que reservar um dia inteiro. São 46 km percorridos em lancha Voadeira, com três paradas.

lancha voadora

Um primeiro conselho muito importante: Na hora de escolher o lugar no barco, fuja dos primeiros bancos. É uma delícia sentir a água no rosto, o ventinho que refresca… mas o troço pula! E não é um simples sacolejo como o de ontem não. É um pular diferente, que vai doendo na beirinha da barriga, implicando com a coluna de quem tem problema. Para os homens o sofrimento deve ser ainda maior.

Barreirinhas beira mar

No caminho que tal uma parada para andar sobre as águas?

Rio Preguiças Maranhão

A primeira parada da lancha é no povoado de Vassouras e aí é hora do segundo conselho mais importante: passe muito repelente!! Os mosquitos do lugar só podem ser mutantes. Nunca vi igual, em tamanho e quantidade.

Vassouras

Na cabana da Graça você pode comprar água, guaraná Jesus, artesanato e banana para dar aos macaquinhos. Por favor, eu peço, não dê salgadinhos para os animais como vi muita gente fazendo.

O Jean cismou que alguns trechos do Preguiças pareciam com o Rio Nilo. Sem condenações, por favor, nós nunca passamos nem perto do Rio Nilo…

rio nilo do Jean

Segunda parada: Mandacaru e seu farol. Logo na chegada os turistas são recepcionados por guias mirins. São todos uma graça, mas senti falta da naturalidade típica das crianças. É que eles falam tudo decoradinho, inclusive “Canção do exílio”, de Gonçalves Dias, que nasceu no Maranhão.

Mandacaru guias

(Tente abstrair o casal sensualizando no canto da foto acima e ) Imagine essa pequenininha recitando “Minha terra tem palmeiras, onde canta o sabiá”. Fofa, né?

farol preguiças

A torre do farol de Preguiças tem 35 metros, a vista é linda lá de cima e a subida é até tranquila.

vista do farol

Achei que falta um pouco de segurança, já que ninguém fica acompanhando os visitantes. (Aliás, essa preocupação quase inexistente com a segurança dos turistas é algo que muito me impressionou no Maranhão. Logo mais vamos ter outros exemplos).

farol de preguiças

Jean brincando com a falta de segurança no farol.

O calor é grande! Dá pra relaxar um pouco na sombra do cajueiro,  tomar sorvete e suco com sabores típicos… mas tem que ser rapidinho porque a lancha está esperando para levar todo mundo à Caburé.

Caburé maranhão

A  orientação na chegada à Caburé é encomendar o almoço, pois pode demorar um pouco. Demos sorte, mas muita gente  saiu reclamando depois de esperar quase duas horas (isso em baixa temporada). Pedimos um peixinho frito, que saiu com preço e gosto razoáveis. Nossos amigos pediram um peixe ao molho e foi a primeira vez na vida em que vi ovo cozido no molho de camarão. Depois descobri que é assim mesmo no Maranhão.

 moqueca ovo

Se demorar,  você pode aproveitar pra mergulhar no mar quentinho do Maranhão, tomar banho no rio, ou descansar nas redes disponíveis nos restaurantes.

rede caburé

Caburé é uma península, entre o rio e o mar. Dá pra alugar quadriciclos para passear pelas dunas e seguir até o ponto onde esse encontro acontece. Achei que é caro, mas compensa. Tome cuidado com a cronometragem do tempo. Eles fazem questão de cada minuto excedente e na maioria das vezes tentam enrolar o turista.

m1 preços

Ah, e olha a falta de segurança de novo. Ninguém no meu grupo tinha experiência em andar de quadriciclo; mas fomos sem acompanhamento, em veículos adaptados e em dupla (o que é proibido pelo fabricante, de acordo com a etiqueta pregada no banco).

m1qudri

Quero ver quem tem coragem de reclamar da poeira dentro de casa agora.

Ah… e o meu pé? Se você está acompanhando o diário de viagens, sabe que ele não estava nada bom no início dessa aventura. Hoje não sei dizer se melhorou ou piorou. O que me diz?

pé dia 2

Na volta para Barreirinhas não há paradas, mas em alguns momentos a lancha vai mais devagar para que o turista possa ver pica-paus, peixes, caranguejos, garças… coisa linda!

caranguejo

Chegamos super cansados mais uma vez. Só o tempo de jantar e cair na cama! Ah… comemos uma comida muito interessante hoje: Arroz no abacaxi, com arroz de cuxá (suuuuper típico, vou falar dele aqui) e tábua de frutos do mar

arroz de cuxá e abacaxi

frutos do mar

Delícia pra encerrar o dia!

Amanhã vamos para a capital São Luís. Confesso que estou receosa. É que tudo foi tão incrível até agora…  e eu tenho medo de me decepcionar por lá.  Depois conto pra vocês!

Quem quiser deixar comentário, pode clicar no balãozinho ao lado do título. Comentários deixam a gente tão feliz! 🙂

Pescadores adoram dar aos barcos o nome de um filho. Imagine quantos filhos este aqui tem?

Pescadores adoram dar aos barcos o nome de um filho. Imagine quantos filhos este aqui tem?

Pra entender melhor essa história: O começo Sem expectativas, sem planejamento

Maranhão- Dia 1.  Descendo o rio de bóia e Lençóis Maranhenses

Obrigada por passearem comigo! Até amanhã.

28 comentários sobre “Maranhão – Dia 2. Passeio de barco para Caburé.

  1. Meus olhos estão cheios de alegria pelo Diário de Viagem. Por favor, preciso de contato telefônico de alguém desse lugar. Pretendo ir à Caburé e ficar pelo menos uma semana lá. É possivel/seguro levarmos nossa barraca e fazermos a linha mochileiro por lá??? Pretendemos nos acampar pra curtir o mais natural e economizar o máximo possível.

    Curtir

  2. Pingback: O texto que eu não consegui escrever – São Luis do Maranhão | VIAGEM MASSA

  3. Pingback: Sabores do Maranhão (ou) Você já viu como é o açaí de verdade? | VIAGEM MASSA

  4. Ah, eu não vi esses caranguejos. E adorei essa foto do Jean no farol. Pena que me deu uma coisa ruim naquele lugar que eu só queria chegar no topo. Quando cheguei, só queria descer. Visual lindo, mas não consegui aproveitar nada… o tempo todo, sensação de que eu iria cair ou ficar presa. Muito apertado 😦

    Curtir

Oba! Comentários são uma alegria!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s